1ª quinzena de agosto: vendas de hidratado crescem; açúcar diminui no mix de produtorasvoltar

Publicado em : 29/08/2017
1ª quinzena de agosto: vendas de hidratado crescem; açúcar diminui no mix de produtoras

O volume de cana-de-açúcar processado pelas unidades produtoras do Centro-Sul atingiu 45,29 milhões de toneladas na primeira quinzena de agosto, praticamente igual às 45,13 milhões de toneladas observadas no mesmo período de 2016.

A produção de açúcar alcançou 3,16 milhões de toneladas na primeira metade de agosto, enquanto o volume fabricado de etanol somou 1,95 bilhão de litros, sendo 858,19 milhões de anidro e 1,09 bilhão de hidratado.

Da quantidade total de cana processada nos primeiros 15 dias de agosto, 50,04% destinaram-se à fabricação de açúcar, o menor percentual das 4 últimas quinzenas. Essa retração ocorreu mesmo diante da baixa participação das unidades autônomas (dedicadas à produção de etanol) na moagem da referida quinzena, apenas 14,30%, pois cerca de 40% das usinas anexas (fabricantes de açúcar e de etanol) reduziram o mix de produção de açúcar nessa quinzena.

No acumulado desde o início da safra 2017/2018 até 16 de agosto, a moagem totalizou 342,61 milhões de toneladas, queda de 4,09% (quase 15 milhões de toneladas) em relação ao valor contabilizado até igual data do ciclo passado.

Nesse mesmo período, a fabricação de etanol alcançou 13,52 bilhões de litros, diminuição de 8,79% sobre 2016. Desse volume, 7,67 bilhões referem-se ao hidratado (queda de 13,02%) e 5,85 bilhões ao etanol anidro (recuo de 2,57%). Já a produção acumulada de açúcar alcançou 20,72 milhões de toneladas.

A concentração de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) por tonelada de matéria-prima totalizou 146,29 kg na primeira metade de agosto. No acumulado do início da safra 2017/2018 até 16 de agosto, esse indicador atingiu 130,43 kg por tonelada, pequena alta sobre os 129,20 kg apurados até igual data de 2016.

Na primeira metade de agosto, o volume comercializado de etanol pelas unidades produtoras da região Centro-Sul no mercado interno totalizou 1,03 bilhão de litros, crescimento de 4,38% sobre a segunda quinzena de julho.

Esse incremento decorre da recuperação das vendas domésticas de etanol hidratado. Estas somaram 644,28 milhões de litros nos 15 primeiros dias de agosto, contra 564,12 milhões registrados na quinzena anterior. Trata-se de uma alta de 14,21%, a maior observada na atual safra - considerando este comparativo entre os resultados quinzenais.

Em contrapartida, o volume de etanol anidro diminuiu: 390,56 milhões de litros foram vendidos entre dos dias 1º até 15 de agosto, ante 427,28 milhões na última metade de julho.

As exportações atingiram apenas 77,49 milhões de litros nos 15 primeiros dias de agosto.

Para acessar o relatório quinzenal de safra, clique aqui.

O realtório completo da safra está disponível no UnicaData, clique aqui.

 


Fonte: Unica
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •