Asplan lançará publicação sobre a história da entidade e da cana-de-açúcar na Paraíbavoltar

Publicado em : 29/10/2014
Asplan lançará publicação sobre a história da entidade e da cana-de-açúcar na Paraíba

A Associação dos Plantadores de Cana-de-Açúcar da Paraíba (Asplan) lançará, nesta terça-feira (28), durante a solenidade de posse da nova diretoria da entidade, o livro/álbum "Asplan - História e Desafios". A publicação não só resgata a história da atividade canavieira no estado, mas também apresenta pesquisas e dados estatísticos oficiais que mostram a real dimensão que a cana-de-açúcar já teve e tem na economia do país. Outro tema abordado é a crise que atualmente atinge o setor sucroalcooleiro e que já fechou cerca de 70 usinas em todo o país, bem como retirou o emprego de cerca de 60 mil pessoas. O lançamento da publicação ocorrerá às 17h, no auditório da Asplan, na Rua Rodrigues de Aquino, 267, Centro de João Pessoa.

Amplamente ilustrada, a publicação conta com 108 páginas. O projeto editorial leva assinatura dos jornalistas Agnaldo Almeida e Carlos César Muniz, com projeto gráfico do designer Mário Miranda e apoio da equipe da News Comunicação, que faz a assessoria de imprensa da entidade. "O livro resgata um pouco história que construímos e os desafios que enfrentamos ao longo do tempo para manter a atividade como sendo um dos mais importantes pilares da economia da Paraíba", resume o presidente da Asplan, Murilo Correia Paraíso, destacando que o setor canavieiro assegura a criação de empregos na zona rural e gera receitas para os cofres públicos, mas que ainda assim passa por crise e não tem o devido reconhecimento.

Tanto é assim que na publicação os autores questionam o fato de que durante mais de 300 anos, no período do Brasil Colônia, o país dependeu basicamente do cultivo da cana e da exportação do açúcar, chegando até a atingir duas vezes o lucro obtido com o ouro e quase cinco vezes o lucro obtido com a comercialização de outros produtos agrícolas e, hoje, o setor está em crise mesmo com terra boa, mão-de-obra e tecnologia. "Na publicação são apontadas as causas da crise e como o setor está fazendo para dar continuidade à atividade mesmo com todas as dificuldades", comenta Murilo.

Fundada em 1957 como entidade representativa dos produtores de cana-de-açúcar da Paraíba, a Asplan tem hoje mais de 1.800 associados, sendo que mais de 90% desse montante é composto por pequenos e médios plantadores. O setor local, formado por indústrias e produtores canavieiros, são responsáveis pelo cultivo de 130 mil hectares de cana e pela geração de 40 mil empregos diretos em épocas de safra como agora, além de outros milhares de indiretos em toda a zona litorânea e do Agreste e Brejo paraibanos, que reúnem, juntos, 36 municípios produtores de cana-de-açúcar na PB.

 


Fonte: Asplan
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •