Cana transgênica ALTHA20BT estará protegida do ataque da broca durante 24 horas por dia, sete dias na semana e 365 dias no anovoltar

Publicado em : 23/08/2017
Cana transgênica ALTHA20BT estará protegida do ataque da broca durante 24 horas por dia, sete dias na semana e 365 dias no ano
Cada fita vermelha representa os danos da broca em uma variedade convencional. Já as azuis indicam os danos da praga na variedade transgênica ALTHA20BT. Foto: Divulgação CTC

Variedades convencionais possuem Índices de Infestação médios de 7,6%. A variedade transgênica do CTC apresentou apenas 0,14%

Um benefício decorrente do uso da variedade de cana ALTHA20BT, lançada em junho pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), é uma maior tranquilidade aos profissionais, pois a cana estará protegida do ataque da broca durante 24 horas por dia, sete dias na semana e 365 dias no ano. “O produtor não precisará se preocupar com a escolha do produto, janela de aplicação ou se a calda está correta. É uma proteção como nenhum outro defensivo jamais poderia entregar”, salienta Ronaldo Onosaki, gerente de negócios do CTC.

Resultados de ensaios conduzidos com a variedade demonstram todo seu poder no combate a praga. Uma análise conjunta dos dados do Centro-Sul em áreas não controladas revelou que variedades convencionais possuem Índices de Infestação (I.I) médios de 7,6%. A variedade transgênica do CTC apresentou um I.I de apenas 0,14%. Uma redução de 98,5%. Já as médias de toneladas de cana por hectare (TCH) entre os materiais saltaram de 95 para 105, o que resulta num incremento na margem agroindustrial de R$ 1.400,00 por hectare. “Mesmo produtos com aplicação no sulco não chegam nesse nível de eficácia”, destaca o gerente de negócios do CTC.

Onosaki salienta que mesmo em áreas de altíssima pressão a ALTHA20BT se sai bem. “Fomos a um canavial com o maior índice de infestação que pudemos encontrar: 40%. Neste mesmo local, a 20BT registrou um I.I de apenas 1,2%. No final, isso se traduziu em dois perfilhos a mais por metro, 20 toneladas de cana a mais por hectare e três entrenós a mais por colmo.”

Mas a resistência à broca não é a única característica da ALTHA20BT. Além de possuir alta adaptabilidade à mecanização, seja plantio ou colheita, a nova variedade do CTC utiliza menor quantidade de gemas por metro no plantio, que cai de 28 (caso utilize uma cana brocada com 40% de I.I) para apenas 15 mudas por metro, em função do uso de uma cana limpa que não registrou morte de gemas por entrenó trocado.

Com relação ao seu posicionamento, a variedade é recomendada para todo o Centro-Sul, com época de colheita de junho a setembro e para ambientes de produção A, B e C, sendo que no C, em locais mais secos, será necessário adotar irrigação.
Veja matéria completa na editoria Capa na edição 45 da revista Digital CanaOnline. No site www.canaonline.com.br você pode visualizar as edições da revista ou baixar grátis o pdf.Mas se quiser ver a edição com muito mais interatividade ou tê-la à disposição no celular, baixe GRÁTIS o aplicativo CanaOnline


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •