Certificar o canavial não é bicho de sete cabeças, afirma produtorvoltar

Publicado em : 17/05/2017
Certificar o canavial não é bicho de sete cabeças, afirma produtor
José Vagner Carque: “A certificação foi muita valiosa para mim”

Em alguns anos, a usina vai chegar no produtor não certificado e dirá que não poderá mais comprar a cana dele

José Vagner Carque, da Fazenda São João, localizada no município paulista de Taquaritinga, conseguiu certificar seu canavial no final de 2016. Associado a Socicana, o produtor obteve o selo RSB após passar por uma auditoria em sua propriedade. Entretanto, Carque já estava preparado para a certificação. “Como possuo limão em algumas áreas, tive que fazer alterações na fazenda há oito anos a fim de certificar a cultura. Assim, muitas das adequações exigidas pela RSB foram as mesmas solicitadas anos atrás.”

Uma das recentes adequações que mais impactaram a vida do produtor foi relacionada ao controle de estoque e de custos. “Eu já fazia isso, mas numa planilha própria. Para a certificação, adquiri um software. Agora, sei o que usei no ano passado e quando paguei por cada adubo e agroquímico. Essa organização está me ajudando muito, sendo que ela tende apenas a melhorar com o passar dos anos, pois o banco de dados vai se tornando cada vez mais rico.”

O produtor conta que, após todas as mudanças, passou a olhar seu negócio de maneira mais ampla. “Hoje, minha propriedade está organizada. Sei exatamente se estou tendo lucro ou prejuízo. A certificação foi muita valiosa para mim.”
Carque afirma que o certificado emoldurado e pendurado numa parede não significa que ele possa deitar e relaxar. Pelo contrário. Agora buscará fazer ainda mais adequações para estar apto para conseguir, futuramente, o selo Bonsucro. “Acredito que, em alguns anos, a usina vai chegar no produtor não certificado e dirá que não poderá mais comprar a cana dele, pois, do contrário, não irá conseguir vender seu produto. Por isso, recomendo que todos os produtores se certifiquem, já que não é o bicho de sete cabeças que muitos imaginam.”

VejamatériacompletanaeditoriaCapa, edição 41 da revistaDigital CanaOnline. No site www.canaonline.com.br vocêpodevisualizar as edições da revistaoubaixargrátis o pdf.
Mas se quiser ver a edição com muito mais interatividade ou tê-la à disposição no celular, baixe GRÁTIS o aplicativo CanaOnline para tablets e smartphones - Android ou IOS.


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •