Chuvas do Brasil atrasam moagem da cana, mas favorecem café e sojavoltar

Publicado em : 26/10/2015
Chuvas do Brasil atrasam moagem da cana, mas favorecem café e soja

A maior parte da região centro-sul deve receber chuvas significativas nos próximos dez dias, tornando difícil para as usinas moerem toda a cana da safra 2015/16, mas favorecendo o desenvolvimento dos pés de café e do plantio da safra de soja.

A empresa de meteorologia Somar espera que a maior parte do centro-sul, incluindo o Estado de São Paulo, maior produtor de cana, receba cerca de 100 milímetros de chuva até 1º de novembro.

"Prejudicará um pouco a colheita, mas há áreas em desenvolvimento que devem ser favorecidas", disse Tiago Robles, agrometeorologista da Somar.

O grupo industrial Unica afirmou nesta sexta-feira que as usinas ainda têm mais de 100 milhões de toneladas de cana para processar este ano, se as condições climáticas permitirem.

O Somar espera 40 milímetros de precipitação para o Sul de Minas Gerais, principal região de café do Brasil, e outros 50 milímetros entre 28 de outubro e 1º de novembro para a mesma área.

"São chuvas boas, podem induzir mais uma florada em Minas Gerais", disse Robles.

(Por A maior parte da região centro-sul deve receber chuvas significativas nos próximos dez dias, tornando difícil para as usinas moerem toda a cana da safra 2015/16, mas favorecendo o desenvolvimento dos pés de café e do plantio da safra de soja.

A empresa de meteorologia Somar espera que a maior parte do centro-sul, incluindo o Estado de São Paulo, maior produtor de cana, receba cerca de 100 milímetros de chuva até 1º de novembro.

"Prejudicará um pouco a colheita, mas há áreas em desenvolvimento que devem ser favorecidas", disse Tiago Robles, agrometeorologista da Somar.

O grupo industrial Unica afirmou nesta sexta-feira que as usinas ainda têm mais de 100 milhões de toneladas de cana para processar este ano, se as condições climáticas permitirem.

O Somar espera 40 milímetros de precipitação para o Sul de Minas Gerais, principal região de café do Brasil, e outros 50 milímetros entre 28 de outubro e 1º de novembro para a mesma área.

"São chuvas boas, podem induzir mais uma florada em Minas Gerais", disse Robles.

Marcelo Teixeira


Fonte: Reuters
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •