Como o país, o setor vive sob a expectativa do novo governo Temervoltar

Publicado em : 24/05/2016
Como o país, o setor vive sob a expectativa do novo governo Temer

O presidente interino Michel Temer vai enfrentar nesta terça-feira (24) seu primeiro grande teste no Congresso

O país está há muito tempo travado, a economia despena cada vez mais e a incerteza política e os erros de gestão desestimulam investimentos. “Acredito que a mudança de governo deverá promover a retomada da confiança. Voltará a dar ânimo ao empresariado e investidores, de forma geral”, a opinião de Rubens Ometto Silveira Mello, fundador e presidente do conselho de administração do grupo Cosan, expressa a visão da maioria dos empresários do setor sucroenergético.

Em comunicado à imprensa a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) anunciou que: “O setor sucroenergético está confiante na retomada do crescimento econômico e em uma atuação firme que enfrente os desafios do abastecimento de combustíveis e da redução de emissões do setor de transportes nos próximos 15 anos – metas ambientais assumidas pelo Brasil na COP21 (18% de biocombustíveis na matriz energética até 2030).”

Mas para que as boas notícias ocorram, os desafios são grandes. Além de conseguir driblar os efeitos das notícias sobre envolvimento de seus parceiros na operação Lava Jato, o clima de revolta dos seguidores da Presidente afastada, o presidente interino Michel Temer vai enfrentar nesta terça-feira (24) seu primeiro grande teste no Congresso desde que assumiu o governo federal há 12 dias. Em sessão conjunta na manhã de hoje, Câmara e Senado devem começar a apreciar o projeto de lei que altera a meta fiscal para este ano.

A proposta do governo é alterar a atual previsão de terminar 2016 poupando R$ 24 bilhões --economia que é chamada de superávit nas contas primárias - para um déficit de R$ 170,5 bilhões, quantidade maior de dinheiro que o governo deve gastar acima do que conseguirá arrecadar.

Temer precisa que deputados e senados votem a favor desse projeto até o fim deste mês. Se isso não ocorrer, o governo corre o risco de não ter dinheiro para pagar suas contas e o país continuará travado e a situação econômica cada vez mais caótica.

Veja mais informações na próxima edição da revista Digital CanaOnline. No site www.canaonline.com.br você pode visualizar as edições da revista ou baixar grátis o pdf.
Mas se quiser ver a edição com muito mais interatividade ou tê-la à disposição no celular, baixe GRÁTIS o aplicativo CanaOnline para tablets e smartphones - Android ou IOS.


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •