Ganho de produtividade por meio do Sistema MPB do IAC é destaque de Forúm Internacional na 25ª Fenasucrovoltar

Publicado em : 24/08/2017
Ganho de produtividade por meio do Sistema MPB do IAC é destaque de Forúm Internacional na 25ª Fenasucro

O sistema de plantio de Mudas Pré-Brotadas (MPB) de cana-de-açúcar, método desenvolvido pelo Instituto Agronômico (IAC), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, foi destaque no primeiro Fórum Internacional de Produtores de Agroenergia, organizado pela Datagro e pela Organização de Plantadores de Cana da Região do Centro-sul do Brasil (Orplana) na manhã desta quarta-feira (23), na 25ª Fenasucro, em Sertãozinho.

Esse método de plantio de cana-de-açúcar foi desenvolvido a partir de mudas de alta qualidade, livres de doenças e pragas e que garantem taxa de multiplicação muito maior do que a realizada com o plantio tradicional. O objetivo é melhorar a qualidade do produto e aumentar a produtividade nas lavouras em até 20%. “Trata-se de um novo conceito no método de multiplicação da cana-de-açúcar, reduzindo volume e levando para o campo efetivamente uma planta", disse Marcos Guimarães de Andrade Landell, diretor do Centro de Cana IAC.

Landell ressaltou que para ter um plantio saudável, com ganho de produtividade, é preciso ter um viveiro bem cuidado. "As falhas ocorridas nas áreas de plantios decorrem da falta de uniformidade de diversos fatores do sistema atual, muitas vezes deve-se ao uso excessivo de mudas que brotam e acabam competindo por água, luz e nutrientes", explicou. Já o novo método aumenta a uniformidade nas linhas de plantio e, consequentemente, reduz as falhas.

O produtor de cana-de-açúcar e presidente do Sindicato Rural de Jaboticabal, Ismael Perina Junior, que há mais de cinco anos cultiva com a tecnologia desenvolvida pela Secretaria, ressaltou os benefícios econômicos e sanitários para a produção. “O maior ganho com as Mudas Pré-Brotadas é produzir um canavial livres de pragas e doenças. Isso traz um ganho exponencial, e com certeza será o futuro para o crescimento do nosso setor”, disse.

Ele ressaltou também que o Sistema de MPB pode ser utilizado tanto por pequenos produtores, quanto por grandes usinas sucroenergéticas. “Para o pequeno produtor há uma redução do custo do plantio em pelo menos 30%, podendo investir em melhorias para o campo, com tecnologias e equipamentos. Já as usinas que utilizam o sistema têm um ganho na produtividade, gerando mais renda e agregando valor”, destacou.

Em 2016, Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo inaugurou o Galpão de Produção de Mudas Pré-Brotadas, no Centro de Cana IAC, em Ribeirão Preto, onde serão realizadas partes das etapas de produção de mudas de cana pelo Sistema desenvolvido pelo Agronômico.

São realizadas etapas importantes do processo: corte dos minirrebolos, tratamento químico, pré-brotação e individualização. A configuração do galpão de produção teve como base um modelo compacto de construção.

A implantação dos núcleos de MPB pode auxiliar na retomada de competitividade do mercado canavieiro, em meio à crise do setor, afirma o secretário Arnaldo Jardim. “A produtividade da cana-de-açúcar, a partir das MPB, é mais vantajosa em termos de rendimento. O aumento de produtividade já na primeira colheita pode ser maior, podendo chegar a 100 hectares de cana produzida”, disse, lembrando que a Pasta segue orientação do governador Geraldo Alckmin de disseminar o conhecimento aos produtores rurais.

Por Paulo Prendes

Fotos João Luiz

 


Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •