Instituições de pesquisa se unem e desenvolvem novas tecnologias para a cana-de-açúcarvoltar

Publicado em : 28/03/2017
Instituições de pesquisa se unem e desenvolvem novas tecnologias para a cana-de-açúcar

Ações como melhoramento genético e assistido, assim como produção e biologia avançada são os pontos de estudo das instituições

Flavia Andrade

Ações como melhoramento genético e assistido, assim como produção e biologia avançada são os pontos de estudo das instituições
Na semana passada, 22 instituições públicas reuniram-se no Instituto Agronômico de Campinas (AIC), para o lançamento do projeto de pesquisa para a cana-de-açúcar e outras culturas que possam atender o mercado de energias renováveis.

O Programa Plurianual Integrado de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) em cana-de-açúcar (Pluricana), financiado pela Finep e liderado pela Embrapa, agrega ações que vão desde a introdução e quarentena de plantas até o melhoramento genético convencional e assistido, sistemas de produção e biologia avançada em cana-de-açúcar.

De acordo com o pesquisador da Embrapa Agroenergia e coordenador-geral do Pluricana, Hugo Molinari, a iniciativa vai beneficiar o avanço das pesquisas públicas com cana-de-açúcar e biomassas agroenergéticas. “É um projeto que beneficia todos os grupos que trabalham com melhoramento genético da cana na esfera de instituições oficiais”, diz Marcos Landell, diretor do Centro de Cana do Instituto Agronômico de Campinas/Ribeirão Preto.


Fonte: Capital News
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •