Jovens da Geração Y são os que mais criam startupsvoltar

Publicado em : 26/09/2017
Jovens da Geração Y são os que mais criam startups
Sandra Schiavetto: “Empreender é a ação que transforma ideias em realidade”. Foto: Arquivo pessoal

Pesquisa revela que 75% das pessoas que entraram nesse novo modelo de negócio nos últimos anos possui entre 20 e 39 anos

A geração Y, composta por pessoas entre 26 e 35 anos de idade, já nasceu na era da informação e não costuma ser adepta ao modelo tradicional de trabalho. Segundo o estudo realizado pela Accenture, empresa global de consultoria e gestão, 67% dos millenialls preferem trabalhar por conta própria, o que inclui criar suas próprias startups. Uma pesquisa revelou que 75% das pessoas que entraram nesse novo modelo de negócio nos últimos anos possui entre 20 e 39 anos, praticamente, a idade abrangida pela Geração Y.

A Master Coach da MultiTraining, Sandra Schiavetto, explica que essa geração cresceu em um mundo dinâmico, acostumada ao universo digital e têm pressa em ver as coisas acontecerem. “Hoje, os jovens estão em busca de independência pessoal, melhor perspectiva de renda e desejo de um futuro mais tranquilo. Ávidos por conhecimentos, eles têm interesses múltiplos, são hábeis em se comunicar, investem nas relações interpessoais e dominam com desenvoltura as novidades tecnológicas.”

Segundo ela, quando entram em uma empresa, sentem necessidade de soluções rápidas, querem se sentir orgulhosos por fazerem algo impactante. Felicidade e liberdade são ambições que vislumbram no mercado de trabalho, não conseguem sucumbir ao que viram gerações anteriores fazerem com suas carreiras e são tomados por um forte desejo de criar algo que tem a cara deles. “Cada vez mais conscientes de um mundo em constante transformação, buscam um propósito para suas vidas. Eles querem trabalhar para viver e não mais viver para trabalhar, o que explica o grande número de startups nos últimos anos.”

Para aqueles que desejam adentrar nesse novo mundo, Sandra ressalta que ter uma ideia genial é desejável, mas não o suficiente para empreender. É preciso enxergar uma oportunidade e explorar o potencial dessa ideia para transformá-la em uma empresa inovadora que entrega soluções eficientes para o mercado. “É fundamental que o jovem empreendedor esteja preparado para atuar em um cenário de incertezas, saber lidar com imprevistos e ter em mente que eventuais mudanças ou adaptações podem ser determinantes para validar o seu modelo de negócio.”

Ressalta também que o empreendedor que opta por iniciar uma startup tem que estar preparado para desbravar o mercado altamente competitivo e propor algo que se destaque pela escassez de oferta. “Trabalhar com o conceito de escalabilidade, mas estar preparado para crescer com sustentabilidade. Selecionar talentos para compor equipes funcionais, flexíveis e com mente aberta para se reinventar. Mensurar recursos e investimentos, procurar parcerias e investidores e fortalecer sua marca com network e o feedback de seu público.”

Veja matéria completa na editoria Capa da edição 46 da revista Digital CanaOnline. No site www.canaonline.com.br você pode visualizar as edições da revista ou baixar grátis o pdf.
Mas se quiser ver a edição com muito mais interatividade ou tê-la à disposição no celular, baixe GRÁTIS o aplicativo CanaOnline para tablets e smartphones - Android ou IOS.
huum, a foto da Sandra é vertical, então acho melhor deixar essa para exclusiva, no lugar da São Martinho, o que acha?


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •