Não é preciso ser grande para se certificarvoltar

Publicado em : 12/05/2017
Não é preciso ser grande para se certificar
José Reinaldo Schiavon conta que as mudanças mais significativas ocorreram na área administrativa da propriedade

O sítio Sonho Meu, com apenas oito hectares de cana, foi um dos primeiros a receber uma certificação no Brasil

O sítio Sonho Meu, localizado na região paulista de Bariri, acabou virando sonho de muitos. Isto porque a propriedade, de apenas oito hectares, foi uma das primeiras áreas canavieiras a receber o selo RSB. O produtor José Reinaldo Schiavon, associado a Assobari, é a prova viva de que pequenos agricultores não apenas podem, mas também devem lutar por uma certificação e melhoria de suas práticas agrícolas, sociais e ambientais.

Schiavon conta que as mudanças mais significativas ocorreram na área administrativa da propriedade. “Passamos a ter melhor controle de estoque e de custos, o que vem nos ajudando bastante na estruturação da propriedade, já que, antes, não fazíamos essas análises.”

Entre os benefícios já alcançados pelo produtor está uma maior produtividade, decorrente da melhoria das práticas agrícolas. “Eu recomendo a certificação para todos meus amigos, pois ela, além de melhorar a propriedade em todos os quesitos, ainda será a única alternativa para aqueles que desejam continuar plantando cana-de-açúcar no futuro.”

Veja matéria completa na editoria Capa, edição 41 da revista Digital CanaOnline. No site www.canaonline.com.br você pode visualizar as edições da revista ou baixar grátis o pdf.
Mas se quiser ver a edição com muito mais interatividade ou tê-la à disposição no celular, baixe GRÁTIS o aplicativo CanaOnline para tablets e smartphones - Android ou IOS.


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •