Projeto inédito no Brasil testa sistema de lubrificação automática em colhedoras de cana-de-açúcarvoltar

Publicado em : 02/06/2017
Projeto inédito no Brasil testa sistema de lubrificação automática em colhedoras de cana-de-açúcar

Essa tecnologia substitui o atual processo, que é manual e intermitente, por um modelo automático e contínuo

Em consonância com o desenvolvimento tecnológico das operações do setor sucroenergético nos últimos anos, a Clealco, em parceria com a SKF Lubrificantes e a representante Encopel Comércio de Rolamentos e Peças, apresenta ao mercado nacional o sistema de lubrificação automática para máquinas agrícolas e indústria de extração de açúcar, atualmente utilizado apenas no segmento de mineração pesada.

A iniciativa é a primeira voltada para o setor no Brasil, tendo sido importada da Argentina, após visita do Diretor Operacional da Clealco, Mauricio Baldi, do Gerente de Planejamento Econômico e Performance da Companhia, Marcos Broggio, e dos diretores da EncopelMarcelo Terra e Marcelo Vieira à fábrica de componentes da SKF no país.
Essa tecnologia consiste na instalação de um sistema de lubrificação que substitui o atual processo, que é manual e intermitente, por um modelo automático e contínuo, distribuindo o lubrificante no tempo e quantidade adequados por todo o equipamento, reduzindo a contaminação e os custos com material lubrificante e substituição de peças por desgaste prematuro.

Além disso, também aumenta a segurança dos operadores, evitando que se desloquem até os pontos de difícil acesso para lubrificação.

“Com a parceria, a Clealco é um laboratório de testes da Encopel. O sistema automático foi instalado na colhedora John Deere CH670, sendo o primeiro case de sucesso desta tecnologia no Brasil”, declara Terra.
“Estamos acompanhando de perto os resultados dos testes e todos os benefícios. Com o tempo economizado na lubrificação dos 89 pontos necessários da colhedora, otimizamos nossas manutenções preventivas e ganhamos muito em disponibilidade”, diz Broggio.

Baldi ressalta a importância deste projeto para o setor sucroenergético. “A sustentabilidade do Negócio de cana-de-açúcar passa pela nossa capacidade de extrair o máximo dos canaviais. Reconhecemos o valor de executarmos com eficiência o que já conhecemos na produtividade e longevidade do ativo biológico, contudo, se quisermos nos diferenciar competitivamente, precisamos de metodologias para rever os processos atuais e implementar novos projetos. Para nós, esse é um marco significativo”.

Ele reforça ainda o fato de a iniciativa ser inédita no País. “Nesse contexto tão desafiador que o setor enfrenta há alguns anos, nos destacamos pelo pioneirismo deste trabalho, possível em decorrência de um esforço conjunto de três grandes empresas dispostas a alavancar os ganhos produtivos em busca da excelência operacional”, conclui.
Pela Clealco, também está diretamente envolvido no planejamento e execução do projeto o Coordenador Corporativo de Manutenção Agrícola, Renato Moreira.


Fonte: Comunicação Clealco
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •