Transgênicos já dominam os cultivos de soja, milho e algodãovoltar

Publicado em : 30/08/2017
Transgênicos já dominam os cultivos de soja, milho e algodão
Gráfico Adoção de sementes GM no Brasil. Fonte: Dados identificados pela Céleres Ambiental em estudo para a ABRASEM

Na safra 2016/17, a área total semeada por essas três culturas no país foi de 52,5 milhões de hectares

Dados da consultoria Céleres mostram que as variedades transgênicas, ao menos as de soja, milho e algodão, já caíram nas graças dos produtores e são quase unanimidades nas lavouras. Na safra 2016/17, a área total semeada por essas três culturas no país foi de 52,5 milhões de hectares. Deste montante, 93,4% foi cultivada com os transgênicos, representando 49,1 milhões de hectares.

Para o total da cultura da soja, a área com cultivares transgênicas atingiu 32,7 milhões de hectares (3,9% superior à safra 2015/16) ou 96,5% do total semeado, divididos em 59,8% para a tecnologia RI/TH (genes combinados – resistente à insetos e tolerante à herbicida) e 36,7% para os genes simples com tolerância à herbicida.

O milho transgênico no Brasil completou a safra 2016/17 com 88,4% de taxa de adoção. Deste total, 63,9% foram cultivados com eventos RI/TH, 20,7% com milho resistente à insetos e 3,8% com a tecnologia tolerante à herbicidas.

Ainda segundo a Consultoria, o algodão é a cultura com o maior potencial de crescimento com relação a utilização de transgênicos. Na safra finalizada, a adoção de algodão geneticamente modificado totalizou 78,3% do total semeado, ou 726 mil hectares (leve queda de 3,3% em comparação ao ano anterior). Assim como para soja e milho, a tecnologia RI/TH é a mais utilizada, alcançando 392 mil hectares, ou 42,3% da área total, seguida pelo algodão TH, com 23,9% e pelo evento RI, com 12,1% do total.

Veja matéria completa na editoria Capa na edição 45 da revista Digital CanaOnline. No site www.canaonline.com.br você pode visualizar as edições da revista ou baixar grátis o pdf.
Mas se quiser ver a edição com muito mais interatividade ou tê-la à disposição no celular, baixe GRÁTIS o aplicativo CanaOnline para tablets e smartphones - Android ou IOS.


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •