Vem aí mais inovações tecnológicas para o setor sucroenergéticovoltar

Publicado em : 10/08/2017
Vem aí mais inovações tecnológicas para o setor sucroenergético

Três startups se consagram campeãs do Prêmio INOVACANA

Ao todo, 24 startups se inscreveram para participar do Prêmio INOVACANA, premiação criada pelo Grupo IDEA, com o apoio da AgTech Garage, SP Ventures e BASF , e que visa incentivar o desenvolvimento de inovações tecnologias para o setor sucroenergético. Para participar, elas tiveram que apresentar soluções que se enquadrassem em um (ou mais) dos critérios abaixo:
- Tecnologias que aumentam a produtividade agrícola da cana-de-açúcar;
- Tecnologias que reduzam custos de produção de cana-de-açúcar;
- Tecnologias de gestão agrícola.

Após o final do período de inscrições, uma equipe de especialistas analisou e elegeu as seis melhores inovações, que tiveram a oportunidade de apresentar seus pitches perante um público de mais de 350 profissionais do segmento canavieiro durante o seminário INOVACANA, realizado nesta quarta-feira (09), em Ribeirão Preto, SP. Após as apresentações, uma banca de profissionais elegeu, entre as seis finalistas, as TOP 3, consideradas as promessas da nova agricultura canavieira.

São elas:

• Mvsia - Selecionar mudas de cana-de-açúcar em condições favoráveis para o plantio se tornou uma tarefa fácil graças à tecnologia criada por essa startup. A ferramenta faz a seleção das mudas utilizando visão computacional e inteligência artificial e se baseia em critérios como o enraizamento da mesma, sua cor, diâmetro do caule e altura para diferenciar aquelas com melhores condições para o plantio. Ainda há um sistema mecatrônico que separa as consideradas boas das ruins. Com a capacidade de analisar e separar uma muda por segundo, a ferramenta contribui para aperfeiçoar a produção, reduzir custos com mão de obra e aumentar a qualidade do canavial que será formado.

• PangeiaBiotech: Essa startup é uma PlantTransformationFacility, focada na produção de plantas transgênicas de cana, milho e soja. A PangeiaBiotech desenvolveu também soluções integradas para resistência a herbicida e inseto-pragas em cana transgênica. Ao contrário de milho, soja e algodão, não existe ainda a aplicação da engenharia genética em variedades de cana comerciais, principalmente pela dificuldade e alto custo de produção das plantas transgênicas. Essa startup soluciona esse gargalo de forma rápida, eficiente e com custo altamente competitivo.

• Alluagro: Essa startup trabalha com inteligência em geolocação de máquinas, fretes e implementos agrícolas. Com o aplicativo, o produtor será capaz de alugar e ofertar todo o tipo de maquinário e frete para o agronegócio, em todas as fases do plantio, colheita e logística. Por exemplo, se o produtor rural precisa de um trator, o aplicativo irá mostrar, através de geolocalização, a máquina mais próxima, com isso, ele reduz custos logísticos. Além de eliminar a ociosidade de máquinas dentro da fazenda, é gerada renda extra para esses produtores.
Como premiação, essas três startups campeãs receberão:

• RECONHECIMENTO: Selo Grupo IDEA de Melhor Startup para o Setor Sucroenergético de 2017;
• EXPOSIÇÃO: Além da exposição durante o evento INOVACANA as TOP 3 startups terão o benefício de escolher mais um evento do grupo IDEA (em 2018) para fazer uma nova apresentação de 15 minutos e ter benefícios de imagem como um patrocinador;
• MENTORIA:
o Mentoria do Grupo IDEA para adequação do produto para setor canavieiro;
o Mentoria da SP Ventures para captação de investimentos por seis meses;
• OPORTUNIDADE: Acesso ao comitê final do AgroStart, programa de aceleração de startups da BASF em parceria com a aceleradora ACE.


Fonte: CanaOnline
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •