Vídeo ressalta contribuições da cana na luta contra o aquecimento globalvoltar

Publicado em : 12/04/2017
Vídeo ressalta contribuições da cana na luta contra o aquecimento global

O protagonismo da bioeletricidade e do etanol produzidos a partir da cana-de-açucar na matriz energética nacional, uma das mais limpas do planeta, e o potencial destes produtos no esforço mundial de redução das emissões de gases de efeito estufa (GEEs) são destaques em vídeo institucional idealizado pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA).

Originalmente criado para disseminar, durante a Conferência do Clima (COP21), em Paris, as contribuições da cana para o desenvolvimento sustentável no Brasil, a peça, agora numa versão mais enxuta, explica de forma didática o papel estratégico dos derivados sucroenergéticos para descarbonizar os setores de transporte e elétrico.

Produzido pela empresa DGB Animação, o vídeo, com 2m45s de duração, traz mensagens focadas nos atributos ambientais da cana, 1ª fonte de energia renovável no País e cujo cultivo se dá longe de biomas sensíveis e vegetações nativas.

Em relação ao etanol, o material sublinha o uso de apenas 0,5% das terras agricultáveis do País para produzi-lo (anidro e hidratado). É também focalizado o poder mitigador do biocombustível, emitindo 90% menos CO2 em relação à gasolina que, junto com o diesel, responde por 25% das emissões globais do poluente. Destacam-se, ainda, os novos horizontes tecnológicos do etanol de segunda geração (2G), feito do bagaço e da palha da cana.

O aproveitamento destes dois resíduos na geração de bioeletricidade também é enfatizado. Alguns pontos abordados são a autossuficiência em energia elétrica de todas as usinas brasileiras e a proximidade destas empresas com centros urbanos, facilitando a venda de eletricidade excedente para a rede. Em 2016, a bioeletricidade da cana iluminou 11 milhões de residências.
Assista o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=cbge_hjp7kg


Fonte: Unica
  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •